Untitled

IMPÉRIO ITALIANO. A TOD´S É UMA. EMPRESA FAMILIAR. CUJOS SEGREDOS. DO OFÍCIO FORAM. TRANSMITIDOS DE. GERAÇÃO PARA GERAÇÃO. 46 II.

TRADIÇÃO

IMPÉRIO ITALIANO UMA VISITA À FÁBRICA DA TOD’S EVIDENCIA O SAVOIR-FAIRE DA MARCA ITALIANA EM ACESSÓRIOS DE LUXO. SEU FUTURO, NO ENTANTO, NÃO RESIDE APENAS NOS SAPATOS. A GRIFE INVESTE EM COLEÇÕES PRÊT-À-PORTER E QUER CRESCER EM MERCADOS COMO O BRASIL

O

QG da Tod’s, grife italiana de luxo conhecida por seus artigos de couro de altíssima qualidade, é um oásis em meio à paisagem industrial da região de Le Marche, no centro do país, onde mais de 90% dos calçados italianos são produzidos. Inaugurada em 1998, a sede tem arquitetura arrojada e atemporal e é rodeada por um jardim impecável, com gramado tão verde e bem cuidado quanto o de um campo de golfe. Escritórios, ateliês e linha de produção são combinados em uma constelação de prédios com janelas em abundância, com vista para essa paisagem, que em nada lembra uma fábrica.

46 II

II IVERÃO 2015

Por Hermano Silva, de Casette d’Ete

Os sapatos gommini são a grande invenção da marca: sua sola sustenta o pé em somente 133 gomos de borracha. Ao lado, Diego Della Valle, CEO da Tod’s

Do lado interno, a tranquilidade é a de um templo budista: o ambiente é minimalista, com paredes e piso de mármore branco, enquanto a decoração fica a cargo de obras de arte contemporânea. É possível encontrar trabalhos do japonês Jacob Hashimoto (um deles é um móbile feito com mil pipas de papel), uma escultura de bronze de Igor Mitoraj, que fica no jardim, e uma escada de metal polido feita por Ron Arad. Como é o caso de muitas maisons italianas, a Tod’s é uma empresa familiar cujos segredos do ofício foram transmitidos de geração para geração. O fundador, Filippo Della Valle, era um humilde sapateiro que abriu sua primeira loja ainda nos anos 20, na cidadezinha de Casette d’Ete. Seu filho, Dorino, expandiu o negócio e passou a fabricar sapatos para outros estilistas a partir do pós-guerra. A geração atual é liderada pelos netos Andrea e Diego Della Valle, que desempenham, respectivamente, as funções de vice-presidente e CEO. Juntos, os dois irmãos transformaram a Tod’s em um conglomerado de luxo global, que inclui ainda a lendária grife de sapatos parisiense Roger Vivier, a marca de acessórios e calçados esportivos Hogan e uma linha de roupas casuais focada no mercado italiano chamada Fey. As integrantes do grupo tiveram, no total, um faturamento de vendas de € 967,5 milhões em 2013 (sendo € 578,1 milhões apenas da Tod’s). “Tenho uma missão a cumprir. Preciso expressar as grandes tradições da Tod´s dos tempos do meu avô de uma maneira moderna e transmiti-las para as gerações futuras”, explica Diego. O CEO possui ainda vários outros investimentos pessoais, todos focados em negócios tipicamente italianos. Ele é, por exemplo, acionista da Ferrari, do jornal Corriere della Sera, da linha de trens de alta velocidade Italo e tem até mesmo a sua própria vinícola. Diego e o irmão são proprietários do Fiorentina, clube da primeira divisão do calcio italiano, e possuem dois iates – um deles já pertenceu a John F. Kennedy. Numa verve ainda mais nacionalista, Della Valle surpreendeu a todos quando anunciou, em 2011, que a Tod’s iria patrocinar a restauração do

Desenhada pela arquiteta Barbara Pistilli, mulher de Diego Della Valle, a sede tem 250 mil m2 e oferece academia, restaurante e até uma creche para os filhos dos funcionários

A

TOD´S É UMA EMPRESA FAMILIAR CUJOS SEGREDOS DO OFÍCIO FORAM TRANSMITIDOS DE GERAÇÃO PARA GERAÇÃO Coliseu de Roma, a atração turística mais popular da Itália, numa doação sem precedentes de € 25 milhões. Trechos reparados do prédio já podem ser visitados, mas a previsão é de que as obras sejam concluídas em 2016. Quem conhece Diego pessoalmente, no entanto, garante que todo esse empreendedorismo é algo inerente à sua personalidade e inevitável em tudo o que toca. Não foi diferente com os célebres gommini, sapatos unissex lançados no fim dos anos 70 e que, hoje, são o carro-chefe da marca. Eles foram inspirados nos calçados antiderrap