Untitled

Outro fator mais relevante para a queda da população economicamente ativa (PEA) e, portanto, da taxa de desemprego, é o envelhecimento repentino da ...

Caro(a) aluno(a)! Esta atividade discursiva vale uma porcentagem em sua frequência neste ED, antes de respondê-la, estude o texto teórico e o complementar, anexos a esta atividade.

1) O registro e o controle de frequência são feitos automaticamente pelo Portal Universitário. Dessa forma, a sua frequência somente será registrada através do envio e alcance mínimo de 60% dos indicadores. Portanto, não se esqueça de salvar e enviar a atividade ao concluir a tarefa. 2) O manual do aluno traz informações importantes, sobre os Estudos Dirigidos. Leiao com atenção e consulte-o sempre que tiver alguma dúvida. 3) Ao redigir as suas respostas às questões dissertativas, espera-se que você elabore textos com no mínimo 3 parágrafos, que contenham introdução, desenvolvimento e a conclusão. Textos em formatos de tópicos, por exemplo, não atenderão à estrutura de elaboração das respostas.

Boa Atividade!

A questão da empregabilidade tem uma fronteira importantíssima diante de si, que são as vagas para portadores de necessidades especiais. Observe a charge a seguir que trata do assunto.

Fonte: Disponível em: . Acesso em: 22 jun. 2015.

O chargista coloca, com uma pitada de humor, uma situação bastante complexa envolvendo a realidade das pessoas portadoras de necessidades especiais. Analisando a charge, faça um texto dissertativo com o tema “O mercado de trabalho e a realidade dos portadores de necessidades especiais”.

Em As contas não fecham: uma análise do mercado de trabalho, o autor pontua um aspecto do mercado de trabalho extremamente importante. Em suas palavras: Outro fator mais relevante para a queda da população economicamente ativa (PEA) e, portanto, da taxa de desemprego, é o envelhecimento repentino da população. (As contas não fecham: uma análise do mercado de trabalho). Fonte: Disponível em: . Acesso em: 21 jun. 2015.

O “envelhecimento repentino da população” está ligado diretamente a aspectos macro da nossa sociedade, como: saúde, renda, aposentadoria, etc. Analisando a situação do rápido envelhecimento da população brasileira, elabore um texto dissertativo sobre o tema: Aposentadoria e futuro do Brasil.

Na hora de escolher a roupa certa para uma entrevista de emprego, o bom senso tende a ditar o ritmo. E quanto às cores? Quais as cores mais apropriadas para uma roupa durante a entrevista? Apesar de parecer uma pergunta corriqueira, muita energia tem sido gasta para responder a esta pergunta:

A melhor e a pior cor para usar na entrevista de emprego

Roupa laranja: recrutadores entrevistados pelo CareerBuilder disseram que esta é a pior escolha para uma entrevista de emprego Quer causar uma boa impressão assim que apertar a mão do recrutador? Vá com uma roupa azul. Quer dar a entender que o lado profissional não é o seu forte? Use laranja, então. As sugestões são parte de um estudo feito pelo site CareerBuilder com mais de dois mil gerentes e profissionais de recursos humanos de empresas e indústrias dos Estados Unidos.

Azul apareceu como a cor mais adequada para vestir em uma entrevista de emprego, 23% dos entrevistados recomendam. Usar roupa preta também é certeza de acertar na cor, que foi sugerida como a mais adequada por 15%. Na hora de citar a pior cor para usar na entrevista, 25% dos recrutadores escolheram laranja. Falta de profissionalismo foi a característica associada ao uso desta cor, de acordo com a pesquisa. Apesar de vilão, o laranja também foi associado à criatividade, segundo o CareerBuilder. Fonte: Disponível em: . Acesso em: 17 jul. 2015.

Entrando na discussão aberta pela reportagem, até que ponto a roupa certa é importante em uma entrevista de emprego? Faça um texto argumentativo sustentando sua posição.

Caso sua atividade seja selecionada, você nos autoriza sua publicação integral ou parcial no Guia de Possibilidades de Respostas? (

) Sim

(

) Não