Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável. • Com o advento da nova ordem Política, em 05 de outubro de 1988, as unidades de conservação passam ...

DIREITO AMBIENTAL Sistema Nacional de Unidades de Conservação SNUC-Lei nº 9.985 de 2000 e Decreto nº 4.340 de 2002 Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável Prof. Rodrigo Mesquita

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

• Com o advento da nova ordem Política, em 05 de outubro de 1988, as unidades de conservação passam a ter previsão Constitucional genérica no art. 225, §1°, inciso III, que impõe ao poder público o dever de definir Espaços Territoriais Especialmente Protegidos. O legislador infraconstitucional editou a Lei nº 9.985/2000, para regulamentar os incisos I, II, III (principalmente) e IV, do § 1º, do art. 225, da Constituição Federal de 1988, e instituir também o Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza, sendo esse ainda regulamentado parcialmente pelo Decreto nº 4.340/2002.

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

• Em termos históricos, a primeira unidade de conservação instituída em âmbito mundial foi o Parque Nacional de Yellowstone, nos EUA, no ano de 1872. O Parque Nacional de Itatiaia é o pioneiro em âmbito nacional, tendo sido criado por Getúlio Vargas em 1937.

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

• Em síntese, podemos afirmar que as unidades de conservação são espécies de Espaços Territoriais Especialmente Protegidos criados, por ato do Poder Público. No entanto, a Lei nº 9.985/2000 dispõe que unidade de conservação é o “espaço territorial e seus recursos ambientais, incluindo as águas jurisdicionais, com características naturais relevantes, legalmente instituído pelo Poder Público, com objetivos de conservação e limites definidos, sob regime especial de administração, ao qual se aplicam garantias adequadas de proteção.” (art. 2º, inciso I, da Lei nº 9.985/2000)

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

• O primeiro grupo de unidades de conservação previsto no SNUC é o composto pelas unidades de conservação de Proteção Integral, que possuem objetivo básico voltado à preservação da natureza, com admissibilidade de uso dos seus recursos naturais apenas de forma indireta (Art. 7º, caput, §1º e inciso I, da Lei nº 9.985/2000).

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

• O outro grupo previsto é formado pelas unidades de conservação de uso sustentável, que possuem objetivo básico de compatibilização da conservação da natureza com o uso sustentável de parcela dos seus recursos naturais, sendo, portanto, tais espaços menos restritos para o uso, quando comparado aos espaços ambientais de Proteção Integral (art. 7º, caput, §1º e inciso II, da Lei nº 9.985/2000).

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

UNIDADES DE CONSERVAÇÃO DE PROTEÇÃO INTEGRAL As espécies de unidades de conservação de Proteção Integral previstas na Lei nº 9.985/2000 são as seguintes: • Estação Ecológica (ESEC) • Reserva Biológica (REBIO) • Parque Nacional (PN) • Monumento Natural (MONAT) • Refúgio de Vida Silvestre (RVS)

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável • As unidades de conservação de Proteção Integral estão regulamentadas detalhadamente na Lei nº 9.985/2000. Seus limites, em relação ao subsolo, caso haja a necessidade de delimitação, serão definidos no ato de sua criação (Art. 6º, inciso I, do Decreto nº 4.340/2002.) Quanto ao espaço aéreo, também caso haja a necessidade de delimitação, ele será apontado pelo Plano de Manejo, com embasamento em estudos técnicos realizados pelo órgão gestor da unidade de conservação, devendo ainda consultar a autoridade aeronáutica competente e ser definido de acordo com a legislação vigente (Art. 7º, caput, do Decreto nº 4.340/2002).

Unidades de Proteção Integral e de Uso Sustentável

• O perímetro de uma unidade de conservação do grupo de Proteção Integral é considerado zona rural, para os efeitos legais (art. 49, caput, da Lei nº 9.985/2000), bem como as zonas de amortecimento, uma vez definidas formalmente, não