enfermagem

Política Nacional de Gestão Estratégica e Participativa no SUS –. ParticipaSUS = Gestão Participativa e o Controle Social no SUS. ➢ Gestão de ... Page 5 ...

ENFERMAGEM ADMINISTRAÇÃO EM ENFERMAGEM Gestão em Saúde Aula 1 Profª. Tatiane da Silva Campos

Gestão em Saúde

CONCEITOS DE GESTÃO DO MINISTÉRIO DA SAÚDE  Co-gestão: Política Nacional de Humanização = Lei nº 8.142/1990 = sobre a formação dos Conselhos de Saúde (nacional, estadual e municipal) = trabalhadores e gestores de saúde (50% dos conselheiros, sendo 25% para cada segmento) e os restantes 50% são compostos por usuários do sistema.  Gestão Participativa: democratização da gestão

Gestão em Saúde

 INSTRUMENTOS DE GESTÃO EM SAÚDE (MS)     

Agendas de Saúde Planos de Saúde Relatórios de Gestão Plano Diretor de Regionalização (PDR) Programação Pactuada e Integrada (PPI)

 Política Nacional de Gestão Estratégica e Participativa no SUS – ParticipaSUS = Gestão Participativa e o Controle Social no SUS  Gestão de Custos em Saúde

Gestão em Saúde

 Eficácia: habilidade em oferecer melhorias na saúde e no bem-estar dos indivíduos.  Efetividade: relação entre o benefício real oferecido pelo sistema de saúde ou assistência e o resultado potencial de um “sistema ideal”.  Eficiência: habilidade de obter ao melhor resultado ao menor custo, isto é, a relação entre o benefício oferecido pelo sistema de saúde ou assistência médica e seu custo econômico.

Gestão em Saúde

 Multidisciplinaridade: trabalho da equipe = avaliar o paciente de maneira independente e executando seus planos de tratamento; não há um trabalho coordenado por parte dessa equipe;  Interdisciplinaridade: abordagem em equipe comum a toda a assistência à saúde; possibilidade de colaboração de várias especialidades; integração da equipe;

 Transdisciplinariade: interação entre as disciplinas; diálogo entre diferentes áreas do conhecimento, cooperação entre as diferentes áreas, contato entre essas disciplinas.

Gestão em Saúde

 Prevenção: medidas educativas para evitar problemas;  Promoção de saúde: modificar os determinantes de saúde;

 Proteção a saúde: manter a saúde;  Reabilitação: recuperação do bem estar;  Recuperação: processo de melhora.

Gestão em Saúde

Hospitais por Porte = ANVISA  analisados de acordo com o número de leitos  pequeno porte = hospitais com até 49 leitos  médio porte = número de leitos entre 50 e 149  grande porte = 150 leitos ou mais.

Gestão em Saúde

SEGURANÇA DO PACIENTE = ANVISA Programa Nacional de Segurança do Paciente  Segurança = Evitar lesões e danos nos pacientes decorrentes do cuidado que tem como objetivo ajudá-los = Reduzir a um mínimo aceitável, o risco de dano desnecessário associado ao cuidado de saúde.  estímulo a uma prática assistencial segura: protocolos, Planos (locais) de segurança do paciente dos estabelecimentos de Saúde, Criação dos Núcleos de Segurança do Paciente, Sistema de notificação de incidentes, Sistema de notificação de Eventos Adversos no Brasil; Envolvimento do cidadão na sua segurança

Gestão em Saúde

http://www20.anvisa.gov.br/segurancadopaciente/

Gestão em Saúde

Conceitos de cultura de segurança do paciente Portaria MS/GM nº 529/2013  Todos trabalhadores (profissionais envolvidos no cuidado e gestores) assumem responsabilidade pela sua própria segurança, segurança de colegas, pacientes e familiares.  Prioriza segurança acima de metas financeiras e operacionais.  encoraja e recompensa a identificação, a notificação e a resolução dos problemas relacionados à segurança.  Promove aprendizado organizacional após incidentes  proporciona recursos, estrutura e responsabilização para a manutenção efetiva da segurança.

Gestão em Saúde

Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) e Registro Eletrônico de Saúde (RES)  Resolução CFM Nº 1821/2007 = aprova as normas técnicas concernentes à digitalização e uso dos sistemas informatizados para a guarda e manuseio dos documentos dos prontuários dos pacien