Dimensão Natureza do Produto

26 de jun de 2018 - 26/06/2018 □ = Assinalar uma ou mais alternativas ◯ = Assinalar apenas uma .... riscos ou danos à saúde e integridade física do usuário/consumidor ou de terceiros? ...... sabido que a segunda causa de mortes no Brasil se dá por ... NAT 6.1 Se SIM para a PERGUNTA 6, assinale as alternativas que ...

Questionário ISE

Dimensão Natureza do Produto

2017 2018 26/06/2018

Dimensão Natureza do Produto

Sumário APRESENTAÇÃO............................................................................................3 CRITÉRIO I – IMPACTOS PESSOAIS DO USO DO PRODUTO.........3 INDICADOR 1. RISCOS PARA O CONSUMIDOR OU TERCEIROS............................................5

CRITÉRIO II – IMPACTOS DIFUSOS DO USO DO PRODUTO.........9 INDICADOR 2. RISCOS DIFUSOS....................................................................................................9 INDICADOR 3. OBSERVÂNCIA DO PRINCÍPIO DA PRECAUÇÃO.........................................17

CRITÉRIO III – CUMPRIMENTO LEGAL..............................................20 INDICADOR 4. INFORMAÇÕES AO CONSUMIDOR................................................................20 INDICADOR 5. SANÇÕES JUDICIAIS OU ADMINISTRATIVAS.............................................21

Os termos em negrito devem ser considerados estritamente como indicado no glossário.

26/06/2018  = Assinalar uma ou mais alternativas ◯ = Assinalar apenas uma alternativa

2

Dimensão Natureza do Produto

APRESENTAÇÃO Propósito (a que se destina) Identificar em que medida uma companhia atua para reduzir os riscos de sua dependência do consumo de bens ou serviços cujo uso normal gera impactos incompatíveis com um sistema sustentável de produção e consumo. Racional (por que esta dimensão é importante no questionário ISE) Entende-se que companhias altamente dependentes de bens e serviços cujo uso normal gera impactos incompatíveis com um sistema sustentável de produção e consumo terão cada vez menos aceitação pela sociedade, enfrentarão mais problemas e serão menos resilientes em situações adversas. Consequentemente, além de dificultarem a transição para uma sociedade mais sustentável, tendem a ser investimentos com piores perspectivas de resultado ao longo do tempo e devem ser evitadas na carteira do ISE. A dependência, neste caso, é assumida como proporcional à importância desses produtos no volume de negócios da companhia. Escopo (o que é abrangido nesta dimensão) Esta dimensão trata de bens e serviços cuja utilização normal (ou seja, conforme as finalidades para os quais são oferecidos ao mercado) gera impactos negativos desproporcionais e/ou praticamente inevitáveis sobre pessoas e/ou o meio ambiente. Entende-se como desproporcional a situação em que o balanço entre benefícios e perdas decorrentes da utilização normal do bem ou serviço é notoriamente pior do que a sua não-utilização, ou da utilização de alternativas tecnicamente disponíveis e economicamente viáveis. Entende-se por praticamente inevitáveis os impactos negativos que para serem evitados demandam recursos não disponíveis pelos potencialmente impactados, por razões que vão desde a assimetria de informação, até a impossibilidade técnica ou econômica de acesso a alternativas. Medidas que visem mitigar a desproporcionalidade desse balanço são consideradas em favor da companhia na avaliação. Em uma perspectiva de ciclo de vida, é importante ressaltar que o escopo desta dimensão é específico para a fase de uso dos bens e serviços e, portanto, não inclui nem os processos produtivos, nem a fase de pós-consumo, que são tratadas em outras dimensões do questionário ISE (especialmente “Ambiental”, “Mudança do Clima” e “Social”). Temas (quais os principais aspectos da sustentabilidade empresarial enfocados) Os cinco principais temas enfocados nesta dimensão são: (i) Riscos para o consumidor ou terceiros: alguns produtos e/ou serviços, mesmo em seu uso normal, acarretam danos à integridade física ou psicológica de seus usuários ou de terceiros próximos dele. (ii) Riscos difusos: alguns produtos e/ou serviços, mesmo em seu uso normal, acarretam danos a toda a sociedade, não sendo possível mais individualizar suas vítimas. (iii) Monitoramento e precaução: em se tratando desses produtos, trabalhar com precaução, bem como m