artigot é cnicocient í fico

Como matriz polimérica utilizou-se o EVA de grade comercial. Evateno ... casos em que existam grupos vinílicos na cadeia principal, como, por exemplo, resultado de desvios nos processos de polimerização, a reação de reticulação torna-se favorecida[12]. ..... Birley, A.W.; Haworth, B. & Batchelor, J. – “Physics of Plastics”,.

Joyce B. Azevedo, Manuel Alpire Chávez Núcleo de Polímeros, SENAI CIMATEC Marcelo S. Rabello Unidade Acadêmica de Engenharia de Materiais, UFCG

The Effect of a Crosslinking Agent on the Morphology and Physical and Mechanical Properties of Polymer Foams Based on EVA and EPDM Abstract: Polymer foams are biphasic materials prepared with a polymer matrix and a gaseous phase from a foaming agent. Products based on this type of material are currently in a good market position due to the good mechanical properties, low density and competitive cost. Blending EVA with elastomers is a feasible alternative to enhance the properties of the expandable compounds. Among the elastomers used as a blend component with EVA, EPDM has a high potential since it has a good compatibility with polyolefins. Considering that during the foam processing there are simultaneous crosslinking reactions and the formation of gases, the balance between these two effects has a strong influence over the physical characteristics of the final product. In this study the effect of a crosslinking agent on EVA/ EPDM foams was investigated. The physical, mechanical and rheometric properties, as well as the foam morphology, were analyzed as a function of dicumil peroxide, used as a crosslinking agent. The results showed that this additive has a strong influence in the crooking and expansion of the compounds, affecting their properties. Keywords: Polymer foam, EVA, EPDM, crosslinking agent, physical and mechanical properties.

Espumas poliméricas, plásticos celulares ou plásticos expandidos podem ser definidos como materiais constituídos por uma fase sólida de uma matriz polimérica e por uma fase gasosa derivada de um agente expansor[1,2]. Embora existam também espumas rígidas, a maioria dos produtos comerciais são flexíveis e bastante utilizados em aplicações onde se requerem propriedades de absorção de impacto e de ruídos, leveza e maciez. Como resultado das características apresentadas, as espumas estão sendo amplamente utilizadas pelas indústrias aeronáutica e automobilística, em equipamentos para prática de esportes, calçados, brinquedos, embalagens e vários outros campos de aplicação, com uma significativa importância para o mercado por estar aliada a grandes vantagens técnicas e comerciais. O uso do copolímero de etileno-acetato de vinila (EVA) como matriz polimérica em espumas, alia boas propriedades mecânicas, baixa densidade e reduzido custo. Este tipo de material celular tem apresentado crescente participação mercadológica nas últimas duas décadas e é conhecido usualmente como “placa expandida” por ser a forma como mais frequentemente se apresenta.

As espumas comerciais de EVA geralmente têm uma estrutura de célula fechada que consiste em inclusões de ar separadas por uma membrana de fase contínua e sólida, que pode ser rígida ou flexível. Pode ser obtida em uma ampla faixa de densidades, variando de 90 a 350 kg/m³; dependendo do processo de expansão durante a fabricação[3]. Os constituintes típicos de uma espuma de EVA são essencialmente a matriz polimérica, agente de expansão, ativador, agente de reticulação, lubrificante, cargas e pigmentos. Dentre estes aditivos, o agente de reticulação é um dos componentes mais importantes uma vez que é responsável pela formação de reticulações químicas entre as cadeias da matriz. A ocorrência de reticulações, concomitantemente com a expansão do material, ambos ocorrendo durante o processamento, é primordial para obtenção de espumas com células menores e uniformes com melhores propriedades químicas, térmicas e mecânicas. De fato, a obtenção de espumas com células abertas ou fechadas está intimamente associada com a viscosidade da massa polimérica durante a evolução dos gases do agente de expansão. Como a viscosidade depende fortemente da ocorrência das reações de reticulação, esses fatores são interrelacionados e definirão o tipo

Autor para correspondência: Marcelo S. Rabello, Unidade Acadêmica de Engenharia de Materiais, Universidade Federal de Campina Grande, Av. Ap
Recommend Docs
<span >Software Tagged: Fico Andreea cu subscriptie All Software Download Website. Fico Andreea cu subscriptie Free Software Downloading Sites For <em>Windows 7.